Convite DESCALÇAS

Caros Amigos:

Gostaríamos de vos convidar a assistir ao nosso espectáculo DESCALÇAS que apresentaremos nos dias e locais descritos em baixo.

Descalças é um projecto de palavras e música.
Estar descalça é uma forma de estar na vida.

“Descalças” não é mais do que um encontro de amigos em torno das palavras e da música. Tudo porque perceberam que havia coisas que queriam dizer, havia músicas que queriam partilhar e textos que queriam fazer ouvir. Juntaram‑se e, com todo o carinho do mundo (e muito trabalho), prepararam uma primeira apresentação à volta dos textos do Eduardo Galeano, que estreou na ACERT, em Tondela, em 2004.

Eduardo Galeano, o escritor uruguaio, estimulou-os a compor e provocou-os a escrever letras para canções. E assim nasceram alguns dos originais deste projecto.

Mas enquanto estavam a escrever e a compor músicas novas, houve sempre uns senhores que lhes foram bichanando ao ouvido para que cantassem as suas canções. E assim envolveram‑se com Chico Buarque, Caetano Veloso, Milton Nascimento, Chico César, José Mário Branco, entre outros que continuam a segredar‑lhes ao ouvido as suas músicas, quanto mais não seja para que fiquem mais felizes de cada vez que as ouvem.

“Depois de Eduardo Galeano, outros autores virão povoar‑nos as memórias e obrigar‑nos a continuar.” – dizem – “Estamos apenas no início do caminho e vemos as nossas pegadas começarem a marcar a nossa areia.”

DESCALÇAS eStÃO:
Miguel Cardoso – Baixo eléctrico, Contrabaixo, Guitarra e Voz | Teresa Gentil – Piano, Guitarra e Voz | Maria Simões – Voz | Juca Monteiro – Percussão

Miguel Cardoso – nasceu em 1980 em Tondela. Começou a tocar cavaquinho, três, braguesa, guitarra, guitarrón, e restantes instrumentos de cordas como quem brinca, como milhares de miúdos da sua geração. As suas músicas fizeram sucesso entre as raparigas e foram motivo da inveja dos rapazes. Fez parte dos grupos Capicua, Maresia, Sem dó, Vulgo Cantio, Mayday, Quarteto Mossanova, entre outros. Em 1998, entra na Universidade de Coimbra. Mais tarde é admitido no Conservatório de Música de Coimbra e compra o seu primeiro contrabaixo. É dentista desde 2004, altura em que começou a andar descalço. O seu sonho é conseguir tocar contrabaixo e cantar enquanto inspecciona a saúde oral dos seus pacientes.

Teresa Gentil – nasceu em 1982, em Tondela. Começou a tocar piano no conservatório de música de Viseu como milhares de meninas que não falavam francês, na sua geração. Começa a escrever as suas próprias canções quando ainda não sabia andar de bicicleta. Mais tarde, prossegue os seus estudos de piano no Porto e, em 2001, é admitida no curso de composição da Escola Superior de Música do Porto. É elemento do AquiJazz – Coro de Jazz da ESMAE. Em 2005 conclui a licenciatura em Composição, na ESMAE. É compositora.

Maria Simões – nasceu em 1976, em Aveiro e, para não beber o leite empacotado, começou a cantar no Infantário Calouste Gulbenkian, como milhares de portugueses da sua geração. Começou a fazer teatro no Projecto Riscos & Ecos, em 1989. Em Coimbra fez parte do CITAC, Teatro do Morcego e A Escola da Noite. No Porto, esteve no Visões Úteis e, em 1999, passou a integrar o elenco do TRIGO LIMPO teatro ACERT, de Tondela, terra que adoptou pelas suas casas de pedra e pela localização privilegiada e protegida (ao estar entre o Caramulo, a Estrela, o IP3 e o IP5). Sente saudades do mar.

Juca Monteiro – nasceu em 1984 na cidade do Mindelo, em Cabo Verde. Começou a tocar em latas como tambores, na rua, como milhares de crianças cabo-verdianas, da sua geração. Em 2001 ingressa na Academia de Música de Espinho e em 2004 é admitido no curso de Percussão na Escola Superior de Música do Porto. Tem tocado com conceituados músicos de Cabo Verde. Tem a música no sangue e deseja voltar à sua ilha para continuar a deixar soar de si a música que o faz feliz (a ele, e a quem o escuta).

PRóXIMOS ESPECTáCULOS:

  • Sexta, 11 de Novembro de 2005, pelas 21h00, na Pizzaria Suprema (Águeda)
    Este espectáculo é num restaurantes, pelo que podem aproveitar para jantar num sítio novo.

  • Sábado, 19 de Novembro de 2005, pelas 22h30, Dunas Bar (Vale de Cambra)
  • Sexta 16 Dezembro 2005, pelas 23h00, no Bar Cine-Teatro Estarreja (Estarreja)

Contamos com a V. presença amiga
Até lá, então.

Beijinhos Descalça
Maria Simões

tel: 967416100 e marias@mail.telepac.pt ou descalcas@mail.telepac.pt