ESPECIAL TERRAS DE MIRANDA

EXPOSIÇOM DE INSTRUMENTOS POPULARES MIRANDESES:
No dia 6 de Dezembro pelas 17 horas será inaugurada uma exposição de Instrumentos Musicais Mirandeses na Casa da Música Mirandesa (Largo do Castelo).

APRESENTAÇOM DA REVISTA “O FIADEIRO”
Ainda em Miranda, no próximo dia 8 de Dezembro, pelas 16 horas, na Casa da Cultura Mirandesa, vai decorrer a apresentação pública do nº15 da revista “O Fiadeiro-El Filandar”.

Exposição de Instrumentos Mirandeses
No dia 6 de Dezembro pelas 17 horas será inaugurada uma exposição de Instrumentos Musicais Mirandeses na Casa da Música Mirandesa (Largo do Castelo). A exposição estará patente ao público até dia 02 de Janeiro de segunda a sexta das 10h às 13h e das 14h às 18h. Nesta exposição serão apresentados instrumentos musicais como gaitas de fole, caixas, bombos, castanholas e flautas pastoris dos actuais construtores.

Os artesãos aqui representados não fazem da construção de instrumentos um modo de vida, até porque tradicionalmente cada gaiteiro fazia muitas vezes o seu próprio instrumento, ainda que pudessem fazer outras gaitas por encomenda – dos gaiteiros e artesãos mais antigos, destacam-se os nomes de Rodrigo Fernandes ou Manuel Felício, por exemplo. Esta exposição conta com a presença dos “novos” artesãos Desidério Afonso, José Preto, Célio Pires, Ângelo Arribas, Ernesto Porto, Francisco Cangueiro, Domingos Esteves e Manuel Caleijo. A Casa da Música Mirandesa pertence à Câmara Municipal de Miranda do Douro e tem como objectivo a promoção da cultura musical tradicional das Terras de Miranda. Para mais informações, contactar a Casa da Música Mirandesa – Dr. Paulo Meirinhos (273430023).

Revista “O Fiadeiro”
Ainda em Miranda, no próximo dia 8 de Dezembro, pelas 16 horas, na Casa da Cultura Mirandesa, vai decorrer a apresentação pública do nº15 da revista “O Fiadeiro-El Filandar”, uma revista de cultura luso-espanhola editada pela “Asociación Etnográfica Bajo Duero” em cooperação com o Pólo da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, em Miranda do Douro.

A revista contém artigos em português, mirandês e castelhano.
Este último número foi coordenado por Pepe Monteagudo, Xerardo Pereiro e Carlos Ferreira. Após o acto de apresentação, terá lugar um pequeno espectáculo de cantos populares.

Festa dos Rapazes: Viagem às Terras de Miranda
No âmbito das viagens de Turismo Ético e Solidário, a cooperativa MódeVida propõe uma viagem diferente às Terras de Miranda, no nordeste de Portugal, nos dias 27 de Dezembro a 2 de Janeiro.

A viagem vai á descoberta das festas do solstício de Inverno que decorrem nesta época do ano, em Miranda do Douro, com destaque para as Festas dos Rapazes, os rituais endiabrados do Carocho e da Biêlha, a Ceia comunitária e a música tradicional, com a Alvorada dos gaiteiros e actuações do grupo mirandês Galandum Galundaina.

A viagem inclui passagem pelas aldeias de Constantim, Picuôte, Bemposta, Teixeira, Bila Chana de Barciosa e Sendim, com oportunidade para conhecer de perto a cultura mirandesa, a gastronomia local, as tradições desa época do ano, a ecologia, fauna e flora dessas terras (Bila Chana faz parte do Parque Natural do Douro Internacional, onde vive uma grande variedade de aves e espécies vegetais como carrascos e zimbros) – sempre de forma atenta e diferente. Os preços são convidativos e a viagem vale bem a pena. O programa completo e mais informações, estão disponíveis no site da Cooperativa MódeVida, em www.modevida.com/turismo6.html